Comunicação

Notícias

  • Voz do Brasil: emissoras podem alterar horário de transmissão em caso de evento específico. Entenda:

    07/09/2020 - ASSERPE
    Antes, horário definido era fixo, engessando emissoras

    Segundo consulta ao Diretor Geral da ABERT, Cristiano Lobato, sobre a nova etapa de flexibilização da Voz do Brasil, as emissoras não precisam mais definir rigorosamente o horário de retransmissão.

    Exemplo: antes, entendia-se que se uma emissora definisse para as 21h em sua grade a transmissão da Voz do Brasil, esse horário ficaria fixo, sem possibilidade de alterações.

    Agora, em casos excepcionais como transmissão de jogos de futebol, eventos, celebrações, dentre outros, a emissora pode alterar na data específica o horário de transmissão.

    “Transmissão que termine até 22h dispensa autorização. A flexibilização é automática, bastando informar ao ouvinte, às 19h, o horário que veiculará o programa”, esclarece Lobato.

    Em agosto, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que regulamenta os casos excepcionais de flexibilização ou dispensa do programa A Voz do Brasil.

    De acordo com o Decreto nº 10.456, publicado no Diário Oficial da União, o Ministério das Comunicações (Minicom) poderá, em casos excepcionais, flexibilizar ou dispensar a retransmissão do noticiário para divulgação de eventos, manifestações ou acontecimentos de grande apelo ou repercussão pública.

Veja Mais: http://zaite.com.br/

Outras Notícias

OAB-PE e Asserpe fecham...

Rádios são orientadas sobre...

Morre ex-radialista da...

O Rádio nasceu em Pernambuco!

Reunião virtual da ASSERPE...

Presidente da ASSERPE...

ABERT lança vídeo...

Vedações na programação de...

ASSERPE passa por mudanças na...

Naza FM comemora 32 anos

Salgueiro FM anuncia...

Rádio Asa Branca de Salgueiro...